27 de novembro de 2016

Protetor Auditivo



  Porque usar um protetor auditivo?
-Para evitarmos distúrbios comportamentais, estresse ou mesmo uma doença profissional irreversível chamada de surdez profissional;
-Para evitar níveis de qualidade indesejáveis na fábrica;
-Para evitar Interferências nas comunicações levando a codificações/interpretações erradas de certos serviços;
-Para atender a lei.

No Brasil (Portaria MTB 3.2141/78, NR-15, Anexo 1) está estipulado que o limite de tolerância para ruído contínuo ou intermitente é de 85 dB para 8 horas de trabalho. 

Isto significa que um trabalhador que esteja submetido a 85 dB não terá danos auditivos, e portanto não estará obrigado ao uso do protetor, durante uma jornada normal de trabalho.

Acima de 8 horas de trabalho em 85 dB o uso do protetor será obrigatório. Por outro lado, quanto maior for o nível de ruído em decibéis(dB) menor será o tempo que a pessoa poderá ficar exposta sem proteção adequada. Por exemplo:



No dia a dia precisamos levar em conta além do ruído normal provocado pela planta em operação, o ruído provocado por nossas atividades. Ex.: trabalhos com esmerilhadeira em área aberta gera níveis de ruído de 90 a 102 dB.



"Proteja-se sempre que o ruído do seu local de trabalho for caracterizado como prejudicial à saúde e a qualidade de vida!"

[ Se esse artigo foi útil para você, comente e compartilhe. Isso faz com que outras pessoas  compreendam melhor o assunto e também expressem suas opinião. ]
  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

0 comentários:

Postar um comentário